21 de fevereiro de 2012

Moments ∞

File_large

-Ouvir aquela música, faz-me relembrar todos momentos que tivemos. Ao tocar nas páginas daquele livro romântico recordo-te, com medo. Ao ver as fotos antigas, as lágrimas escorrem pela minha face. Quando te vejo, algo de estranho acontece comigo. Não sei o que se passa, mudei de vida! Mudei tudo o que tinha, mas nos sonhos não me sais por mais que tente .. Hoje ouvi uma frase que marcou: " Podemos mandar na cabeça, mas no coração ninguém manda, pois ele faz o trabalho por conta própria ".
-Já reparei que na minha vida, há sempre um "mas". Uma desconfiança. Um não acreditar. Pessoas que por mais tento dizer o que sinto, o que penso, não acreditam. Porquê?
-Fizemos uma promessa, de nunca mais mentirmos um ao outro. E tu, ao primeiro passo que eu dei, e que cumpri com essa promessa, tu desconfiaste. Deixei de gostar do meu adoro-te em relação a ti, pois o que me sabes responder é dois pontos e fechar parênteses. No pensamento de certos sujeitos, sou tudo o que se pode ou não imaginar. Muda por favor, só isso que te peço.
ADORO-TE *

1 comentário:

Rita disse...

Gostei :)
Vou seguir